21 de dez de 2010

Risoto de alho-poró

Para quem escutou o nosso ultimo podcast ou tem uma noção básica, sabe que Risoto no italiano significa pequeno arroz ou arroizinho e é preparado com o arroz ‘arbóreo’.
Um prato muito popular de origem que tem origem no norte da Itália, permite muitas variações e criatividade. Minha sugestão de hoje é alho-poró
A receita tem um custo inferior a 8 reais e é super fácil de se fazer tem apenas 1 cabelo na escala de dificuldade (a escala vai de 1 a 5 cabelos)
Ingredientes:

-250g (uma xícara e meia) de arroz tipo arbóreo(encontrado em qualquer supermercado que se preze)
-80g de queijo parmesão ralado
-100ml de vinho (de preferência branco e seco, mas serve o que você tiver!)
-60g de manteiga
-Meia cebola
-1 alho poro grande
-Oleo vegetal não vai na receita, esta na foto de incherido!)
Preparo:
1º- Limpe a cebola mantendo o bulbo, para cortá-la a moda Brunoise (pequenos cubinhos)

corte ao meio do bulbo ate a cabeça(a parte de cima por onde sai as folhas!)

apóie a nova parte plana na taboa e faça vários cortes paralelos o mais próximos que for capas partindo de perto do bulbo mantendo-o intacto de modo a segurar toda a cebola no lugar

agora basta cortar no outro sentido, o resultado será pequenos cubos. Devido a irregularidade da cebola os cubos nunca serão perfeitos, mas ficaram quase perfeitos com um pouco de sorte!
http://img576.imageshack.us/img576/5205/cebola4.png

2º- preparar o alho poro, corte algumas poucas rodelas (corte português) da parte superior (logo a baixo da divisão das folhas) do seu alho poro e reserve (serão usados mais tarde na decoração).

corte o bulbo fora, faça um segundo corte no sentido do cumprimento. Agora folheie o seu alho poro qual uma revista ou um baralho sob água corrente a fim de limpa-lo de terra e outras sujeiras que se esconde entre suas camadas.

agora com seu alho poro limpo continue cortando o corte português, mas agora serão semi-círculos (este corte seria uma modificação do corte Julienne, que são os corte em tirinhas, mas o verdadeiro Julienne seriam mais cumpridas)


3º- frite a cebola na manteiga ate a mesma ficar transparente


4º- adicione o arroz arbóreo e o frite no fogo baixo por 2 mim



5º- adicione o meia taça vinho branco e seco ou o que você tiver a disposição (no meu caso vinho tinto, por falta de outro!)


6º- assim que o vinho evaporar, meio litro de fundo de legumes (caso não tenha isso, água com caldo kinor de legumes! Ou apenas água mesmo!)


7º- adicione o alho poró que você já preparou


8º- aproveite este tempinho que você tem ate a água secar e rale o queijo parmesão.

9º- quando estiver quase pronto, quanto faltar 1 mim para secar a água, desligue o fogo e misture o parmesão com gosto. Decore com as rodelinhas de alho poro e tire uma foto do resultado!

Naan – Pão Indiano

O Naan é muito popular na Índia, acompanha praticamente todas as refeições e tem muitas variações.
Usualmente colocam a comida sobre o pão e o comem como uma torrada, ou pegam o alimento com o pão para não sujar as mãos e o comem na forma semelhante a um sanduíche.

A receita de hoje é bem simples tem 2 cabelos na escala de dificuldade (a escala vai de 1 ate 5 cabelos) mas pode ser adapitada ao seu gosto.

Ingredientes:http://img718.imageshack.us/img718/5469/ingredientes.png
-20g de fermento biológico fresco (encontrado em qualquer padaria)
-200g de água (ou leite)
-1g (uma pitada!) de sal
-400g de Trigo
-1 ovo (opcional)
-10g de açúcar (opcional)
Preparo:
1º- para agilizar a ação do fermento usaremos o método esponja que consiste em misturar o fermento com todo o liquido da receita (no caso 200g de água ou leite) com 10% do trigo da receita (no caso 40g de trigo)

quando aparecerem algumas bolhas esta pronto, se o dia estiver quente como esta sendo os últimos dias isso leva 1 mim (num dia frio pode levar 20 mim)

2º- Misture todos os outros ingredientes (o resto do tigo, o sal, o ovo (opicional), o açúcar (opcional) e algum tempero seco (recomendo fazer sem temperos a principio). Não é necessário esperar crescer, fracione a maça em cerca de 8 a 10 bolinhas e deixeas paradas por 5 mim para crescerem.


3º- Abrir a maça não tem mistério, polvilhe trigo na bancada e no rolo (para que não grudem. (Dicas: caso não tenha rolo use uma garrafa ou como, mas não use muita preção por isso pode quebrar o vidro. Aplique mais preção no centro da maça e não nas laterais o resultado será mais uniforme.)


4º- caso seu pão seja maior que suas frigideira use uma panela de ponta cabeça, não é necessário untar a panela
http://img525.imageshack.us/img525/9259/panela1.png


5º- ao natural o pão ficará crocante, mas se ao sair do fogo for colocado dentro de um saco plástico por poucos minutos o resultado será um pão flexível e mole como um “pão sírio”. Outra opção muito saborosa é fritar o pão no óleo quente, o resultado será um pão ao mesmo tempo crocante e flexível.

Uma opção saudável e barata experimentam e façam suas modificações.

10 de dez de 2010

Atraso...

O Podcast de hoje já poderia estar no ar, mas queríamos fazer algo especial que atrasou um pouco.
Não nos esquecemos de vocês, só mais um pouco de paciência!

3 de dez de 2010

PodCast Cozinhando com o Cabelo 2 - Arroz


Baiche o PodCast: http://www.megaupload.com/?d=PCBJKYVU 

Veja sem baixa:
Parte 1: http://www.youtube.com/watch?v=01gPv2FYB_A
Parte 2: http://www.youtube.com/watch?v=tMDP8fvhMgw
Parte 3: http://www.youtube.com/watch?v=A1EPzlIVTPM
parte 4: http://www.youtube.com/watch?v=7JvTw1FBIJo


PodCast Cozinhando com o Cabelo 2 - Arroz, com Caio Cabelo e Jorge

Musicas usadas:

Gaucho da Fronteira - Prece ao Negrinho
Tarantela
Tema de “O poderoso Chefão”
Tema de “O Zorro”
Elton John - Saturday Night's Alright For Fighting
Duran Duran - Hungry Like the Wolf
David Bowie – Fame
Bob Dylan - All Along the Watchtower
Billy Squier - Lonely Is The Night
3 Doors Down - Kryptonite

26 de nov de 2010

Pod Cast 1 Vegetarianismo




Finalmente, depois de muito tempo de ostracismo, uma nova atualisaçao no blog, prometendo um novo pos cast por semana, (toda sesta feira).

Lista de musicas usadas:
alphaville - forever young
Blues Brother - Rawhide
Blues Brothers - Can't Turn You Loose
Blues Brothers - Do You Love Me
Blues Brothers - Perry Mason Theme
Ozzy - ???
Tema de do filme Pupn Fictio
??? - Sond of Silence
The Blues Brothers - Peter Gunn Theme
Queen - Bohemian Rhapsody
Queen - Another One Bites The Dust
Queen - Killer Queen
Queen - Fat Bottomed Girls
Queen - You're My Best Friend
Queen - Don't Stop Me Now
Queen - Save Me
Queen - Crazy Little Thing Called Love

Links:
Lista das empresas que não testas os produtos em animais: http://www.pea.org.br/crueldade/testes/naotestam.htm
Principais selos (certificadoras) atuantes no brasil)
http://www.planetaorganico.com.br/qcertif.htm

22 de set de 2010

fotos...

Nosso seguidor 'Noturno', também conhecido como Jorge pelos seus familiares se arriscou a seguir as receitas.
O mais legal é que ele documentou o feito tirando fotos.

As fotos estão são estas ai:



O 'Frango Indiano' ficou bem qualquer coisa, mas a 'Lasanha de Berinjela Frita' parece bacana.

A lasanha esta decorada com algo que parece salsinha. Fica aqui o conselho não levar salsinha ou similares ao forno pois vão queimar e ficar com gosto amargo.


Para quem quiser mandar fotos do seus pratos: Caiodelemos@hotmail.com



Obs.: O PodCast sobre vegetarianos esta saindo. Aguardem.

19 de set de 2010

Frango Indiano



Na verdade este frango de indiano não tem nada, afinal a India é um país vegetariano. Mas de qualquer forma este vai ser o nome do prato, por falta de um nome melhor!

-Tem um custo aproximado de 8 reais.

-Serve duas pessoas normais, ou um gordo; ou um econômico no almoço e na janta; ou uma anorexia por 3 dias.

-“Frango Indiano” ganha 2 cabelos na escala de dificuldade que vai de “1 cabelo” para pão de queijo congelado ate “5 cabelos” que seria um 'petit gatou' perfeito.

Chega de enrolação, vamos a receita:

Ingredientes:

2 coxas e sobre-coxas
2 limões
200g de iogurte natural (sem sabor)
1 pimenta dedo de moça
5 colheres de chá de colorífico
1 colher de chá de sal
1 colher de chá de curry
1/2 colher de chá de pimenta do reino (opcional)

Preparo:
desossar as coxas e sobre-coxas
 
se você já está com nojo, saiba que carne é assim mesmo! Não tem estômago para isso?, então não merece comer carne!

Fazer um corte no sentido do osso e ir raspando a carne do osso, de modo a separa-los.


A parte inferior da coxa é complicada, muitos tendões e pouca carne, pode separar a ponta sem dó.



outra parte complicada é o joelho, aqui o único segredo é a paciência, raspando pelas laterais, tentando tirar a cartilagem e não tirar a carne.



Se fizer um trabalho bem feito terá uma única peça de carne de coxa e sobre-coxa, se fizer um trabalho ruim terá dois pedaços de carne.


se você for “macho” comerá a pele, neste caso tire apenas o excesso.
 
mas se você for fresco tire a pele (ela sai fácil, fica presa só em 2 pontos)



agora é a marinada, misturar a carne com os demais ingredientes

o suco de dois limões


uma colher de chá de sal


200g de iogurte natural


2 colheres de chá de curry


5 colheres de chá de colorífico (também conhecido como Coloral, que nada mais é que urucum em pó)


a pimenta dedo de moça é um caso a parte, arde para entrar e arde para sair, e como cada um sabe o fiofó que tem, a quantidade pode variar. Mas uma dica boa é tirar as sementes e o veio esbranquiçado que existe no interior, que são muito mais picantes.


Portanto, corte ao meio


corte o veio esbranquiçado fora, junto com as sementes


corte em tirinhas no sentido do comprimento


agora corte no outro sentido formando pequenos cubinhos


adicione a pimenta e misture tudo.


nesta altura você já deve ter se perguntado: “esta porcaria vai dar certo?” mas não se preocupe, esta aparência melhora!


coloque a carne em uma forma e a cubra com o molho de iogurte


leve para assar a 200ºC por 35 mim. Com 20 minutos a carne já está cozida, mas o ideal é uns 35 ou 40 mim para secar um pouco da água que o iogurte solta e dar uma leve queimadinha (queimadinha do lado de cima, se queimou por baixo já fudeu tudo!)


Parabéns, você terminou um prato diferente e exótico. Tire uma foto do seu resultado e seja feliz.

4 de set de 2010

Chessecake a brasileira

Chessecake a brasileira

Chessecake, é um torta tipica estadunidense, mais especificamente de Nova York a base de queijo. Eu sei que você esta pensando “credo, com queijo vai ficar uma merda!”, mas calma, não é bem assim. O queijo é o “Chessecake” uma especie de requeijão sem sal, no Brasil que eu saiba somente a marca “Philadelphia” vende este tipo de queijo.
A nossa receita no entanto sera uma adaptação a la cabeleira.

Ingrediantes:
Pâte sucrée

250g de farinha de trigo
90g de manteiga (de preferencia sem sal/ de preferencia manteiga e não marcaria, mas não falta de manteiga ate serve!)
1 ovo medio
100g de açúcar
1 pitada de sal (se a manteiga já não tiver)
30g de farinha de amêndoas (provavelmente o único ingrediente que você não deve ter em casa!)

Preparo:

Junte todos os ingredientes menos a manteiga e misture.



Uma foto só do sal para ter noçao que é só um pouquinho (é uma colher de chá!)



não se assuste com a aparência esfarelenta da massa. Só vai 1 ovo para dar liga e fica ceco mesmo, mas se você apertar bem ela pega o formato (segue a imagem)



Coloque a massa numa assadeira (não importa o formato da mesma)



Espalhe a maça uniformemente por toda assadeira pressionando com bastante força (se você deixar um lado mais groso que o outro o lado mais fino vai queimar, e isso não é legal!)



Leve ao forno para assar. O forno deve estar a 175ºC (a potencia mais fraca da maioria dos fornos) e o tempo é relativo, leva cerca de 30 ou 40 mim mas você só vai ter certeza que esta pronto quando estiver levemente dourado e duro.



Peque este biscoitão quebre em pedaços menores e jogue no liquidificador, o objetivo e ter uma farinha


acrescente a manteiga a farinha e misture bem.



parabéns agora você tem uma farofa!



Agora forre formas de fundo removível, sempre apertando bem e volte ao forno por mais 20 mim




Ingrediantes:
recheio

-2 avos médios (sim existe ovos de diferentes tamanhos!)
-250g de ricota fresca (procure a palavra fresca na embalagem, as embalagens são normalmente de 250g ou 500g o que facilita as coisas)
200g de creme de leite (as caixinhas tem normalmente 200g e as latas 300g, se usar uma lata tire o soro [o soro normalmente fica no fundo da lata, se você não chacoalhar a lata basta virar de ponta cabeça, firrar o fundo e escorrer a água])
-Zest de um limão (basta ralar a casca de um limão suavemente num ralador, a parte branca da casca não deve fazer parte do zest, somente a parte verde, portanto é SUAVEMENTE)
100g de leite (integral ou desnatado, não vai fazer muita diferença com o creme de leite!)
200g de açúcar (equivale a uma xícara de chá)
1 colher de chá de amido de milho.

Preparo: bata todos os ingredientes no liquidificador ou a mão (neste caso amace bem a ricota com um garfo).
Jogue a mistura sobre o 'Pâte sucrée' e leve ai forno a pré-aquecido a 180ºC (potencia minima, fogo baixo) por 30 mim.
Espere esfriar para desenformar, não precisa estar frio, mas enquanto quente o crome fica muito delicado.


Cobertura:
Eu fiz e tirei fotos de uma cobertura de goiabada, mas não ficou muito bom não! Então não vou postar aqui o passo-a-passo, recomendo portanto colocar goiabada cremosa sobre o chessecake.

       Outra boa pedida é bater frutas vermelhas adicionar o mesmo peso em açúcar e deixar no fogo mexendo sempre por 15 mim (o resultado sempre é otimo com morangos e framboesas)

tire uma foto do resultado e seja feliz.